Petrobras adquire 50% de usina de biodiesel no Rio Grande do Sul

petroA Petrobras adquiriu, através de sua subsidiária integral Petrobras Biocombustível S.A., 50% do capital social da empresa BSBIOS Indústria e Comércio de Biodiesel Sul Brasil S.A.

 

 

A empresa, localizada em Passo Fundo (RS), opera uma planta industrial integrada com unidade de extração de óleos vegetais e produção de 160 milhões de litros/ano de biodiesel. Possui privilegiada posição logística tanto na questão de suprimento de grãos quanto de comercialização de biodiesel, encontrando-se ao lado de uma base de distribuição de combustíveis e de um terminal ferroviário para recepção de grãos e expedição de produtos.
Esta aquisição consolida a liderança da Petrobras no setor de biocombustíveis em âmbito nacional. Representa ainda uma ampliação da parceria já existente entre as empresas na Usina de Biodiesel de Marialva (PR), que associada à parceria ora firmada na Usina de Biodiesel de Passo Fundo (RS) resulta em uma nova sociedade robusta e competitiva na região Sul do país, apropriando-se de importantes sinergias comerciais e operacionais.
A transação envolve recursos da ordem de R$ 200 milhões, que estão sujeitos a ajustes em função de realização de processo de due diligence.
Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional da Petrobras

 

fonte: http://www.brasilengenharia.com.br/noticias.asp?noticia=10148

Astronautas abandonam estação para evitar choque com lixo espacial

astronautaOs seis tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) foram obrigados a evacuar a estação e buscar abrigo em duas naves de resgate nesta terça-feira (28). O motivo foi o risco de uma grande quantidade de lixo espacial se chocar com a estação.

Os astronautas evacuaram a estação 18 minutos antes de o detrito passar a cerca de 250 metros da estação, e retornaram a suas atividades depois de cerca de meia hora. “Havia um pedaço de detrito espacial que chegou próximo da estação e nós não tomamos conhecimento dele a tempo de realizar uma manobra", explica Stephanie Schierholz, porta-voz da Nasa, a agência espacial americana.

Leia mais: Astronautas abandonam estação para evitar choque com lixo espacial

UnB vai formar engenheiros para área espacial

A Universidade de Brasília (UnB) será responsável pela formação do futuro corpo de engenheiros da empresa binacional Alcântara Cyclone Space (ACS), fruto da parceria Brasil-Ucrânia para o desenvolvimento de foguetes espaciais.

Dez alunos que terminarão a graduação em Engenharia Mecânica neste semestre serão selecionados para a especialização aeroespacial, voltada para as atividades da empresa.

"Vamos procurar alunos com perfil aeroespacial", diz o professor Carlos Alberto Gurgel, chefe do Departamento de Engenharia Mecânica da UnB.

Leia mais: UnB vai formar engenheiros para área espacial